GambiConf - Evento Tech Online

11 & 12 de
Dezembro

Das 14:00 às 19:20

O que é a GambiConf?

A GambiConf é um evento tech diferente.

A proposta é se divertir com sátiras envolvendo computação, apresentando experimentos lúdicos e compartilhando experiências inusitadas!

Desejamos expandir o limite do possível, ousar o trivial, dar luz à ideias obscuras – sejam elas úteis ou inúteis. Se algo parece surreal, tornará-se real na GambiConf. 

Apesar do tom mais jocoso, tudo tem embasamento técnico e com o intuito de ensinar.

A GambiConf é inspirada na !!Con, a qual já sediou palestras tais como: fazer um jogo rodar num PDF, um musical ensinando tail call optimization em JS, entre outras.

Então que tal termos uma versão tupiniquim desse evento? Assim nasceu a GambiConf!

Programação

11 de dezembro

Cerimônia de Abertura

Boas vindas ao evento!

14:00

Ana Bastos e Bruno Macabeus

Mas funciona no curl!!!!

Neste talk vou explicar como e porque precisei implementar uma belíssima gambiarra.

Fiz um cliente http em elixir que chama o curl por linha de comando :yikes:

14:40

nirev

URL is broken: Fixing it for fun and gambiarra

Você já tentou guardar todo estado da sua aplicação web na URL? Já ficou indignado com as limitações da URL? Seus problemas acabaram!

Com gambiarra isso é totalmente possível! Essa talk vai cobrir os problemas da spec de URL e como podemos modifica-la para fun e profit.

15:05

Derek Stavis

Fazendo um chat com
CSS 3, HTTP 1.1 e FAROFA 2

Quem precisa de JavaScript quando você tem CSS no cliente?

Vem torturar o HTTP 1.1 pra fazer um chat web sem nada de JavaScript no client-side

15:30

Jefferson Quesado

Carneiros Elétricos e o Pintor Idiota

Esta talk será uma introdução leve (e repleta de exemplos) à Criatividade Computacional – a sub-area da AI que procura fazer programas que aparentem ter comportamentos criativos.

O objectivo é iniciar um diálogo sobre a legitimidade e o papel da AI em tarefas criativas.

16:05

Pedro Quintas

Sete hacks que aprendi lendo o código fonte do React

Como ler o código do React me ajudou a entender não só como utilizar melhor a ferramentas mas também como resolver problemas de forma criativa e rápida, principalmente quando surge a necessidades de última hora.

16:35

Renato Alencar

Google Sheets, um CMS em potencial

Recentemente descobri que o cliente gostaria de mostrar em um site dados que ele já guardava e atualizava em um Google Sheets.

Resolvi recuperar os dados direto da planilha usando a API da Google.

Gambiarra, difícil de escalar e de manter, mas o cliente ficou feliz.

17:10

Gabriel Restori Soares

Estação Meteorológica usando somente JavaScript

Será que é possível escrever código de micro-controlados usando somente JavaScript? Sem Node.JS, sem RaspberryPi! Nesta talk você vai decobrir que essa gambiarra existe e funciona, e para demonstrar vamos criar juntos uma estação meteorológica.

17:30

Nic Marcondes

Como alocar 0 bytes pode matar a preguiça

A gambi desta talk envolve blockchain, Rust e WebAssembly. Garanto que até o final da apresentação seu título fará sentido 🙂

17:55

Otávio Pace

Rodando DOOM num osciloscópio

Uma breve aventura fazendo engenharia reversa num osciloscópio recém comprado da Siglent, onde o objetivo era conseguir rodar algum programa dentro dele.

Esse algum programa é sempre DOOM

18:30

Lucas Teske

Encerramento do primeiro dia

Fim do primeiro dia.

19:05

Ana Bastos e Bruno Macabeus

12 de dezembro

Cerimônias do segundo dia

Boas vindas ao evento!

14:00

Ana Bastos e Bruno Macabeus

Segfault Como Optimização

Explorando as possibilidades de usar segfault de forma controlada para fazer coisas talvez úteis.

O que é um segfault, turing completeness do segfault, optimizações através de segfault, como fazer seu segfault ser mais rápido e limitações de sistemas operacionais modernos.

14:20

Eduardo Rafael

Inventando moda com emuladores

Nessa apresentação mostrarei diversos projetinhos de usos inusitados de emuladores como meio de prototipar interfaces de sistemas emulados com equipamentos reais como, por exemplo, uma máquina de pinball, um sintetizador analógico, displays de LED, motores, sensores e atuadores.

14:55

Felipe Corrêa da Silva Sanches

418: Eu (não) sou um bule de chá

Quando tive que lidar com um atacante que tentava, a cada nova API que tínhamos, ele explorava, passei a deixá-lo irritado jogando respostas 418 para ele quando estávamos nesse jogo de gato de rato – nos descobrimos inseguros e tive que fazer patch e me divertir um pouco!

15:45

Ibrahim Cesar

Self-Man-in-the-Middle

Em 2020 me deparei com um problema: era necessário interagir com um SDK que recebia uma URL e faria requests direto, sem possibilidade de interferência nesse processo.

Ainda assim precisava, client-side, mexer na reply do server para editar a resposta… sem iniciar um server HTTP.

16:20

Rafael Costa

BrainStation: Um console de videogame para Arduino

BrainStation é um dos menores consoles de videogame já criados.

A ideia original é escrever jogos na linguagem esotérica Brain e rodá-los num LCD e controlá-los por Bluetooth.

Para mais info: https://github.com/brain-labs/brainstation

16:55

Luiz Peres

Seja seu próprio CUPS: Imprimindo na raça

Aqui eu conto a minha jornada de como eu fiz a minha impressora wi-fi, uma Epson L355, imprimir, apenas com Python, o Wireshark, um manual dos anos 90 e uma documentação não-oficial dos anos 2000.

17:30

Arthur Mendes

[Apoiador]

Mensagem do apoiador da GambiConf

18:05

Computação fluídica: Ensinando água a pensar

Quando pensamos em computadores, associamos isso com eletricidade e transistores.

Mas essa está longe de ser a única forma de fazer computações – nesta palestra, falaremos sobre a história e importância das computações usando líquidos.

18:20

Pedro Castilho

Sorteios & Encerramento do evento

Sorteios com a Turing e EcmaScript2077.

E o encerramento do evento. Até mais, e obrigado pelos peixes!

18:55

Ana Bastos e Bruno Macabeus

Mestres de Cerimônia

Ana Bastos

Engenheira de software no nubank, formada na PUC-SP, gosto de paradigmas de computação, matematíquisses e musica. Às vezes palestrante, às vezes community manager, sempre shitposter.

Bruno Macabeus

Entrei na computação pelo gosto de programar, passando pelo RPG Maker, Delphi, Ragnarok…

Busco estimular projetos lúdicos na computação, compartilhando e incentivando ideias inusitadas – e organizar a GambiConf faz parte disso!

Os super palestrantes

Eduardo Rafael

“Hacker” a 11 anos, 3 anos e meio desenvolvedor profissional, hoje faço blockchain e open source em OCaml. O objetivo é sempre matar o JavaEscripto

Ibrahim Cesar

Desenvolvedor há mais de dez anos em Web e, nos últimos cinco, Cloud, com foco em AWS, serverless, performance e acessibilidade.

Rafael Costa

Desenvolvedor de Software focado em iOS, mas com experiência em Android, backend e várias m*****. Adoro criptografia e DRM.

Pedro Quintas

Nascido em 1997, Pedro Quintas é famoso num raio de 100 metros da sua cama pela pilha de projetos inacabados que tem nas hard drives dos seus vários computadores.

Escreveu quase duas teses sobre Criatividade Computacional e hoje em dia finge que trabalha na OutSystems.

nirev

nirev programa profissionalmente há mais de 10 anos. desde 2015 tem feito gambiarras quase que exclusivamente em Elixir.

Jefferson Quesado

Cientista da computação por formação, amante de open source.

Dizem que sou tech lead, mas na real sou um coelho (mas não gosto de cenouras). Javoitista, atualmente estudando Dart e Ruby.

Não há problema que torturar o suficiente o framework não resolva.

Derek Stavis

Fazendo gambiarra desde os anos 90

Luiz Peres

Mestrando em Ciência da Computação pela Simon Fraser University, Pesquisador de parsers e compiladores com foco em algoritmos de paralelização para gramáticas regulares e Software Engineer com 15 anos de experiência.

Lucas Teske

Eu jogo, hackeio coisas, destruo coisas e construo coisas ou destruo meu PC ao vivo (acontece).

Atua no Teske’s Lab dedicados a contribuir com interessados pelas áreas de Programação, Computação, Eletrônica, Física e Química, entre outros temas, constrói drones, hackeia satélites

Gabriel Restori Soares

Eu me formei em Ciência da Computação na UFRGS e em Engenharia de Sistemas de Informação na ENSIMAG na França.

Trabalho ativamente na área já faz 4 anos, moro na França.

Nas horas vagas faço live coding, crio side-projects e sou aspirante a YouTuber

Arthur Mendes

Desenvolvedor curioso com 4 anos de experiência, atualmente trabalhando com Python e Node, mas que se vira até em C++, Rust e Assembly.

Felipe Corrêa da Silva Sanches

Desenvolvedor de software livre, tanto profissionalmente no projeto Font Bakery para o Google Fonts, quanto em meu tempo de lazer, desenvolvendo emuladores junto ao Projeto MAME. Co-fundador do Garoa Hacker Clube.

Para acompanhar mais de perto suas gambiarras, visite o Fórum Fiozera e o canal de vídeos Happy Hacking Video Blog.

Renato Alencar

Piauiense que escreve código e hackeia coisas desde os 14. Campeão do Hackaflag 2016.

Atualmente focado em programação funcional.

Pedro Castilho

Pedro Castilho é desenvolvedor há mais de 10 anos, CTO da Conta Split e aficionado pela história da computação.

Nic Marcondes

Nic Marcondes

Partner & Diretor de Plataforma para Open Banking na Quanto (quan.to) , co-fundador da ReactConf.com.br e Community Manager das comunidades GraphQL e React Brasil (react.now.sh).

Otávio Pace

Um rustáceo querendo esquecer seu passado com JavaScript. Fã de funcional, linguagens de programação e baixo nível. Hoje cria bugs em blockchains profissionalmente.

Adquirir ingressos

Curtiu a proposta do evento e quer embarcar nessa experiência única com a gente? É só acessar a página de vendas no Sympla e adquirir o seu ingresso!

Patrocinador

Apoio

Conheça o nosso Código de Conduta